Dieta Atkins

Entra ano, sai ano, e tudo o que muitas pessoas querem é perder aqueles quilos indesejáveis, e quanto chega o verão as academias, as clínicas de cirurgia plástica e as dicas dos amigos mais chegados são o carro-chefe para manter o corpo em forma e saudável.

E no meio dessas buscas surgem várias dicas de dietas para melhorar a qualidade de vida de cada pessoa. Uma dela é a Dieta Atkins, que foi criada pelo cardiologista Robert Atkins e usa como ponto de referência emagrecer com controle de proteínas.

A estratégia é simples: restringir o organismo à ingestão de carboidratos o obrigará a procurar a fonte de energia nas substâncias gordurosas e nas proteínas, contribuindo para o emagrecimento e, consequentemente, a perda de peso da pessoa.
Carnes, manteiga, óleos e produto lácteos são os principais alimentos para ser consumido durante a dieta, mas sob quatro etapas:

1. Por indução: alimentos ricos em gordura ou com baixo teor de carboidratos ficam liberados, mas só a até 3 porções diárias; você pode comer azeites, margarinas, carnes, menos de fígado, peixes, ovos e queijos; pode beber água à vontade.Você deve evitar açúcares, farinhas, pães e bolos, frutas, legumes, batatas e qualquer coisa com muito carboidrato.

2. Por perda de peso contínua: esta etapa tem a finalidade de saber o quanto de carboidratos se pode consumir e perder peso, e assim aumentar a quantidade de legumes. Essa etapa dura até que se esteja de 3 a 5 quilos do peso ideal.

3. Por pré-manutenção: neste estágio se busca saber o quanto de carboidratos é possível comer sem ganhar peso, e 10 gramas de carboidratos podem ser adicionados por dia durante 2 a 3 meses;

4. Por manutenção: nesta última fase a finalidade é manter os hábitos alimentares que já haviam nas etapas anteriores com cerca de 100 gramas de carboidratos diários.

A história da Dieta Atkins

Tudo começou quando o sr. Atkins pesquisou como era a alimentação dos esquimós e constatou a expectativa de vida elevada e com pouco surto de doença ou obesidade, e isso se deveu ao fato de eles consumirem carne vermelha e gorduras, garantindo-lhes bastante energia. Como não consumiam carboidratos, o que lhes restavam eram bastante ingestão de proteína, e foi aí que o médico decidiu investir na ideia, pois, para Atkins, os açucares é que são responsáveis pelo ganho de peso e era preciso aprender a administrá-los.

Dieta Atkins

As vantagens da Dieta Atkins:

– por serem nutrientes de digestão lenta, colabora para aumentar a sensação de saciedade;
– não há limitação à quantidade de alimentos consumidos, mas os tipos;
– reduz o peso em curto tempo.

As desvantagens da Dieta Atkins:

– perda de peso, mas também perda de massa muscular;
– o baixo consumo de carboidratos diminui drasticamente quantidade de calorias diárias permitidas conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS) determina. Isso substitui a gordura por energia ;
– risco de tonturas, desmaios e fraquezas provenientes da falta de proteínas, além de problemas intestinais;
riscos de colesterol alto e insuficiência renal devidos ao excesso de alimentos proteicos e gordurosos. Todo cuidado é pouco.

Gostou do artigo Dieta Atkins? Compartilhe nas redes sociais!

Dieta Atkins
5 (100%) 1 vote

Leave a Reply