Dieta para Diabetes

É fato que todo mundo deve manter o devido cuidado com a alimentação. Comer alimentos saudáveis, livres de gorduras trans, evitar os fast-foods, entre outros, são princípios básicos para quem quer emagrecer com saúde. Porém, a dieta para diabetes possui algumas peculiaridades específicas de quem possui essa condição.

A alimentação correta para diabéticos varia de acordo com cada caso. Portanto, não é correto estipular um cardápio único para diabetes, uma vez que apenas um profissional, que acompanha a condição do paciente (níveis glicêmicos, colesterol, peso, etc) poderá definir o que a pessoa deve comer diariamente.

Visto isso, nosso blog separou algumas dicas e cuidados que são fundamentais para quem é diabético e quer manter a saúde e o peso em dia. Acompanhe agora:

Dieta para diabetes

Dieta para Diabetes: Dicas e cuidados fundamentais

Consumo restrito de carboidratos simples e açúcares

Muita gente pensa que em uma dieta para diabetes o açúcar não pode estar presente de forma alguma. Mas não é bem assim, o paciente precisa apenas ficar atento à quantidade.

Os doces podem ser consumidos de vez em quando, sempre de acordo com o que seu médico recomendar, e sempre consumidos de forma a compensar o consumo de carboidratos simples, ou seja, quando o diabético quiser comer um doce, precisa primeiro reduzir os carboidratos consumidos ao longo do dia.

Carboidratos integrais

Ao contrário dos carboidratos simples, os integrais, que podem ser encontrados em pães, massas e no arroz, são benéficos em uma dieta para diabetes. Esses alimentos possuem fibras que são digeridas lentamente pelo organismo e que, por conta disso, liberam glicose aos poucos, impedindo que a pessoa tenha picos de índice glicêmico.

Atenção com o consumo de frutas

Algumas frutas podem representar verdadeiros perigos para o diabético. É senso comum achar que o consumo de frutas é liberado, uma vez que fazem bem à saúde, mas no caso da diabetes existem algumas ressalvas.

As frutas são compostas por carboidratos simples, como a glicose, substância que deve ser consumida com percalço pelos pacientes. Por conter fibras e outros diversos nutrientes, as frutas podem ser consumidas em maior quantidade que outros carboidratos simples, mas o consumo não deve ultrapassar 4 porções diárias, e as frutas devem ser escolhidas de acordo com o baixo teor de calorias.

Aposte em cortes magros de carne vermelha

A carne vermelha é uma fonte rica de ferro, nutrientes, vitamina B12, diferente das carnes brancas e vegetais que possuem proteínas. Portanto, a carne vermelha pode e deve ser incluída