Fisiculturismo Feminino: Mitos e Fatos

É  fato que fisiculturismo feminino não é tão conhecido quanto a musculação tradicional masculina ou fisiculturismo clássico. Apesar de que a modalidade feminina está ficando popular dia após dia; porém a certos preconceitos o que acaba impedindo muitas mulheres de praticar-lo. Neste artigo, vamos analisar os mitos mais comuns sobre esta modalidade.

Mito # 1 – Musculação deixa a mulher com corpo masculino

Ao olhar as mulheres que aparecem em competições de Bodybuilding é fácil dar esta opinião. Mas a verdade é que aquelas mulheres que aparecem com corpo extremamente “musculoso” querem aquele tipo físico.

Um dos principais hormônios do corpo é a testosterona que é produzida naturalmente no corpo do homem, mas não em grande escala no corpo das mulheres.

Daí os fisiculturistas do sexo feminino têm uma opinião de que não serão capazes de desenvolver músculos, a menos que usem esteroides anabolizantes, a fim de atingir alta musculosidade. As mulheres podem conseguir um belo corpo, em forma e saudável sem tomar qualquer tipo de anabolizante.

Mito # 2 – Bodybuilding provoca rigidez e reduz a agilidade

Isso só acontecerá se você treinar somente uma determinada parte do seu corpo.

Se os exercícios realizados têm movimentos e amplitudes completos então a sua agilidade aumenta. Portanto, deve-se ter cuidado com o exercício que você faz afim de manter ou não a rigidez muscular.

Este é um equívoco comum sobre musculação em geral. Isso pode acontecer se você treina mal e tem pouca variedade de treinos e exercícios. Os mesmos que você executa tende a beneficiar todo o seu corpo. Então se você tem a devida orientação isso não vai acontecer.

Fisiculturismo Feminino: Mitos e Fatos

Mito # 3 – Bodybuilding transforma gordura em músculos

Perder gordura e ganhar músculos são duas coisas diferentes. Se alguém tem uma alta porcentagem de gordura coporal, então precisa de uma dieta adequada e fazer exercícios aeróbicos caso queira eliminar as gordurinhas indesejadas. Para ganhar músculos você precisa de treino com pesos.

Você não pode transformar gorduras em músculos fazendo musculação.

Para ser honesto eu não tenho ideia do porquê as pessoas tem essa opinião. Gordura e músculos são tipos diferentes de tecidos do corpo e eles não têm nenhuma conexão. Musculação pode ajudar a construir músculos, mas se o seu objetivo é perder gordura, então você precisa de uma dieta saudável e treino aeróbico.

As pessoas começam a praticar musculação pensando que  podem transformar sua gordura corporal em músculos, isto é um absurdo. Musculação irá ajudá-lo no ganho de massa magra. Mas se você quer perder gordura, você precisa se exercitar e ter uma dieta restritiva.

Por outro lado, as pessoas também dizem que se você parar de fazer o treinamento com peso, os músculos vão voltar a se transformar em gordura. A razão pela qual muitos perdem seus músculos depois de pararem com a musculação é simplesmente por inatividade e maus hábitos alimentares.

Fisiculturistas que param de treinar ganham gordura, principalmente por causa de maus hábitos alimentares e sedentarismo.

Você ainda pode manter seus músculos se você tem hábitos alimentares saudáveis e fazendo exercícios regularmente.

Mito # 4 – Musculação vai aumentar o tamanho da mama

Uma vez que a mama feminina é composta principalmente de gordura, não há nenhum efeito direto de treinamento de peso em seu peito.

Mas, como resultado de musculação e culturismo, se o seu percentual de gordura corporal cai abaixo de 12%, o tamanho da mama pode realmente reduzir.

Fisiculturismo feminino: conclusão

Há muitos mais mitos envolvidos com relação ao fisiculturismo feminino e musculação em geral. A verdade é que é mais benéfico para as mulheres como resultado de musculação.

Mulheres praticantes do fisiculturismo feminino terá uma resistência mais elevada quando comparada a mulheres normais.

Leia mais:

Leave a Reply