Chá para pressão alta

A pressão alta, ou Hipertensão, é uma complicação ocorrente no coração. O coração de um hipertenso geralmente bobeia o sangue com uma truculência acima do normal, e por haver esta brutalidade na realização do processo de bombeamento de sangue, a pressão alta pode causar uma série de outras complicações de saúde.

E justamente pelo fato de ocasionar outros tipos de doenças como o AVC e o infarto, esta complicação é tida como a enfermidade que mais causa óbitos no mundo todo. Por ser crônica, a pressão alta não tem cura, neste caso, a única solução é tomar os medicamentos corretamente, e fazer uso de métodos caseiros como os que mostraremos logo mais.

A seguir estaremos mostrando alguns dos melhores chás que o ajudarão a controlar a temida pressão alta. O grande segredo destes chás está nos nutrientes existentes nas ervas utilizados no preparo dos mesmos.

Chás para pressão alta

 

Chá multiervas: Este chá é um composto de várias ervas inseridas em apenas uma modalidade de chás. As ervas existentes são: Capim cidrão, Erva de bugre, Abacateiro, Sete Sangrias, Chapéu-de-couro.

Onde encontrar estes ingredientes? bom, existe chás prontos que veem com a misturas dessas ervas, procure na sua cidade em alguma loja de produtos naturais, pelo chá multiervas, seguramente ele o ajudará a abaixar a sua pressão.

Para preparar o chá, basta ferver 1 litro de água. Coloque o líquido no fogo, e quando a água começar a ferver, remova-a do fogo e adicione 3 colheres do chá em um recipiente. Logo mais, espere esfriar um pouco, e consuma-o.

Chá de embaúba: A embaúba é uma excelente arma contra a pressão alta. Para preparar a bebida, iremos utilizar os mesmo moldes de preparo da receita anterior.

Iremos adicionar 3 colheres de folha tritura em 1 litro de água fervida. Deixaremos a bebida descansando e logo mais basta consumi-la.

Esta poderosa receita irá lhe ajudar a baixar a sua pressão alta arterial, o interessante é que além desse chá, você poderá utilizar num mesmo dia, os demais chás que também abaixam a pressão alta.

Chá de amoreira: A amoreira é outra poderosa erva, dentre todas as suas ações, iremos utilizá-la para baixar a pressão alta arterial.

Basta adicionar as mesmas medidas dos chás preparados anteriormente, e logo mais, consumir a bebida. Consuma esta bebida por pelo menos 3 vezes ao dia, e além disso, como fora dito anteriormente, você poderá utilizar as demais receitas num mesmo dia, visto que todas combatem a pressão alta.

Chá de erva cidreira: Esta poderosa erva, também conhecida como melissa, é uma excelente arma contra a pressão alta. Para preparar a junção, ferva 1 colher da erva, em uma xícara de água.

Alho: O alho é um dos alimentos mais poderosos que a nossa culinária nos propicia. Além de ser indicado para o tratamento e prevenção de uma série de complicações de saúde, o alho é indicado para quem possui pressão alta.

O legal é que o consumo dele pode ser tanto como chá, e também em acompanhamentos aos demais alimentos consumidos no dia a dia. Por esta razão, consuma alho sempre que possível.

No que se refere ao chá para controlar a pressão alta, iremos utilizar um dente de alho amassado. Ferva-o juntamente com 1 xícara de água, espere amornar e beba a junção. Lembrando que se por ventura você desejar adicionar mais de um dente de alho, fique à vontade.

Limonada caseira: Certamente esta não é chá, mas a limonada, que é uma bebida tradicional aqui no Brasil, pode ser utilizada para baixar a pressão alta.

Porém um detalhe: além do limão, iremos utilizar um outro ingrediente. Me refiro à água de coco, ao invés de utilizarmos a água pura, iremos inserir a água de coco.

A quantidade de ambos os ingredientes será proporcional à quantidade pessoas que consumirá a bebida. Isso porque esta pode ser consumida por qualquer pessoa, não apenas por quem tem pressão alta.

Após preparar a junção, adicione uma quantidade ideal de açúcar. Procure apenas não abusar, visto que o açúcar é prejudicial à saúde, se consumido em excesso.

Observação sobre a pressão alta

 

As propriedades destes chás são ideais para controlar a pressão alta, porém em hipótese alguma, ignore a consulta à um especialista.

Portanto, os chás devem ser vistos apenas como complementos ideias para baixar a pressão alta, existem medicamentos farmacêuticos essenciais para o controle desta complicação, obviamente que tais medicamentos só devem ser consumidos se houver a recomendação de um especialista.

Por fim, procure sempre se exercitar, a estagnação pode desencadear a pressão alta. Além disso, se uma pessoa sedentária já tiver esse tipo de complicação, a ausência de atividades físicas pode acarretar uma elevação da hipertensão.

Chás para emagrecer rápido

Pessoas buscam todos dias meios para conseguirem perder peso, muitas delas não tem disposição em seguir uma dieta a risca, ou praticar exercícios  físicos. Alguns chás para emagrecer são alternativas válidas para este fim. Muitos querem eliminar as gorduras acumuladas no organismo, principalmente na área abdominal, então é ideal conhecer várias dicas para obter conhecimento e conquistar o objetivo.

Chás para emagrecer são importantes para a saúde do corpo

Chás como o de oliveira estão fazendo muito sucesso, pessoas dizem que ele é melhor que o chá verde para auxiliar na queima de gordura. Importante notar que ele atua principalmente na área do corpo onde se acumula mais gordura, que é o abdômen.

Devemos eliminar essas gorduras, pois podem trazer vários riscos a saúde. Pesquisas dizem que a gordura abdominal pode aumentar e muito as chances de doenças cardíacas, então todo cuidado é pouco, pois qualquer hora pode te ocorrer um ataque fulminante.

Esse chá deve ser ingerido de 3 ou 4 vezes por dia, dividindo em xícaras pequenas ao longo de 24 horas por um tempo determinado de uns 3 ou 4 meses, mas é claro que varia de organismo para organismo, então é bom sempre avaliar os resultados que podem ser bons.

Dependendo do metabolismo pode ocorrer da pessoa perder cerca de 10 a 15% por cento de circunferência abdominal. Lembre-se, de nada adianta tomar esse chá e ter uma alimentação suja, ou seja, com alimentos gordurosos ou muito calóricos.

Chás para emagrecer rápido

Outra bebida ideal é o chá verde, que é muito bom também e vai ajudar no processo de emagrecimento como um todo, o mesmo elimina a retenção hídrica, melhora o funcionamento do intestino e ajuda a desintoxicar o corpo. Esse chá ajuda a melhorar o humor, além de otimizar a digestão dos alimentos,  ele atua também no combate ao colesterol, prevenindo as doenças do coração.

Alguns estudos sugerem que esse chá melhora a mente, protegendo contra doenças como Alzheimer. Fizeram algumas pesquisas e constataram que a bebida feita de chá verde, pode proteger o nosso cérebro contra alguns tipos de demência, então inclua-o na sua dieta, é ideal ingerir alguns tipos dos mesmos, pois irão ajudar a melhorar a saúde, e claro, facilitar no processo de queima de gordura.

Esse foi um breve artigo sobre chás para emagrecer, compartilhe nas redes sociais.

Quer uma sugestão de Chá para emagrecer? Conheça o Chá 17 Ervas.

Receitas para emagrecer rápido

Emagrecer é algo fácil para algumas pessoas, todavia outros indivíduos possuem uma dificuldade enorme em perder peso definitivamente. Essa dificuldade pode ter relação com alguns fatores, como tipos de alimentos consumidos, metabolismo, e além das práticas de atividades físicas omitidas.

Quase sempre a alimentação é a grande vilã, por este motivo, devemos a todo custo cuidar da nossa alimentação, priorizando sempre os alimentos produtivos para a nossa saúde. Hoje estaremos mostrando algumas receitas para quem busca emagrecer de uma vez por todas.

Essas receitas devem ser seguidas à risca, porém elas por si só não fazem milagres, é preciso que você pratique atividades físicas todos os dias se possível for. 30 minutos diários é mais do que suficiente para quem pretende emagrecer de verdade.

Receitas para emagrecer rápido

Confira algumas das melhores receitas para perder peso, siga-as rigorosamente por pelo menos 2 meses, e se surpreenda com os resultados:

Opção 1: Esta é uma das receitas que mais trazem resultados, ela consiste no consumo consciente dos alimentos, sem restrição de nenhum grupo alimentar.

  • Café da manhã: 1 xícara de café com adoçante, 2 fatias de torrada;
  • Lanche da manhã: 1 maçã;
  • Almoço/jantar: 3 colheres de sopa de arroz, 3 de feijão, 3 cubos de carne de boi cozida, 2 folhas de alface; 1 cenoura pequena ralada;
  • Lanche tarde: 1 copo de suco natural de laranja, com 5 biscoitinhos de água  e sal;
  • Ceia: 1 iogurte natural;

Opção 2: Esta segunda opção é uma das receitas que trazem resultados mais rapidamente, isso porque ela inibi radicalmente o consumo de carboidratos.  Porém esta receita para emagrecer deve ser seguida 1 semana sim, e outra não.

Por exemplo, nesta semana você utiliza esta receita como base alimentar, na próxima semana você utiliza a primeira receita. Este rodízio é necessário pelo fato de que o nosso corpo não pode ficar sem carboidratos, e a primeira receita contém doses moderadas de carboidratos.

Já a segunda receita não possui nenhum alimento rico em carboidrato, por este motivo é que deve se feito um rodízio semanal como citamos anteriormente, para que não haja um consumo excessivo de carboidrato, e nem uma escassez literal do mesmo.

Veja a seguir quais são os ingredientes desta receita

  • Café da manhã: 1 copo de suco natural de laranja ou abacaxi; e 1 iogurte natural;
  • Lanche da manhã: 1 copo de leite desnatado
  • Almoço/jantar: 4 colheres de sopa de feijão, 1 pedaço de filé de tilápia grelhado ou assado, verdura à vontade, 1 copo de suco natural para acompanhar a refeição;
  • Lanche tarde: 1 copo de vitamina de abacate com banana;
  • Ceia: 1 pera;

Observe que esta segunda receita é muito restritiva, por este motivo que dissemos anteriormente que você deve fazer um revezamento entre ambas as receitas, para que possas emagrecer sem o teu corpo sofrer danos.

Siga essas receitas por pelo menos 2 meses, logo após este período, aborte a utilização da mesma, e adote uma dieta saudável e menos restritiva.

Se você notar algum sintoma atípico como tonturas, aborte a utilização desta receita imediatamente. Neste caso, vale a pena elaborar uma outra receita, com o acompanhamento de um nutricionista e a realização de exames se preciso for.

Alimentos sem carboidratos: lista completa!

Quem busca chegar no peso ideal precisa evitar ao máximo os alimentos ricos em carboidratos, isso porque este nutriente fornece energia para o nosso corpo, porém se esta mesma energia não for gasta, a mesma se transforma em gorduras localizadas, formando assim a famosa barriguinha.

Isso não que dizer que não possamos comer alimentos ricos em carboidratos, isso é mito. O que devemos ter em sã consciência é o fato de que, os alimentos ricos em carboidratos devem ser consumidos o mínimo possível. Por este motivo, é de extrema importância sabermos quais são os alimentos ricos em carboidratos, e os que não  contém carboidratos.

Os principais alimentos ricos em carboidratos mais consumidos pelos brasileiros são o arroz, o macarrão, pães, e todo tipo de massa. Além dos alimentos ricos em tal nutriente, devemos conhecer os alimentos que não possuem carboidratos.

Dessa forma é possível elaborarmos uma dieta bem saudável, evitando ao máximo consumir ingredientes que nos fazem engordar com facilidade. Confira a seguir a lista completa!

Alimentos sem carboidratos

 

Iremos logo mais citar alguns dos alimentos sem carboidratos mais consumidos por nós brasileiros. Mas antes de citarmos quais são eles, devemos alertar que, o nosso corpo precisa deste nutriente pára que haja um bom funcionamento do mesmo.

Os carboidratos fornecem energia tanto para o nosso corpo quanto para o nosso cérebro. A ausência deste nutriente pode desencadear uma série de complicações de saúde. Por este motivo, é preciso ter o bom senso, visto que não podemos deixar de consumir o “carbo”.

Dado isso, aconselho que você procure a orientação de um especialista, em prol de que o mesmo elabore uma dieta balanceada para você. Nesta dieta, com absoluta certeza deveremos ter a presença dos carboidratos, porém em quantidades minguadas. Veja a lista completa dos alimentos zero carbo.

Frutas, verduras  legumes

  • Couve;
  • Alface;
  • Abobrinha;
  • Acelga;
  • Maçã;
  • Pera;

Observação: A maioria das frutas e verduras não possuem quantidades exageradas de carboidratos, porém algumas frutas como a banana por exemplo, possuem uma certa quantidade do nutriente. Ainda sim, o teor de carboidrato existente nas frutas é infinitamente menor do que o teor de carboidratos de massas e doces por exemplo.

Demais alimentos

  • Atum;
  • Cane de boi;
  • Bacon;
  • Refrigerantes zero calorias;
  • Ovos;
  • Café;
  • Chá-verde e chá mate;
  • Sal;

Esses foram apenas alguns dos alimentos sem carboidratos mais utilizados na culinária brasileira. Só uma ressalva: a maioria das frutas, verduras e legumes não possuem carboidratos, porém alguns desses alimentos em específico possuem uma certa quantidade deste nutriente.

Todavia esta quantidade na maioria das vezes não interfere numa dieta por exemplo, ainda mais se o consumo do açúcar estiver sendo monitorado, visto que o mesmo é outro provedor de energia para a o nosso corpo. Uma dieta saudável é aquela onde os principais alimentos  são priorizados, e os demais são alternativas de consumo.

Portanto, caso ainda não tenha elaborado uma regra alimentar, adicione sim algumas fontes de carboidratos, mas consuma-as moderadamente, em prol de que não haja excesso de energia no teu organismo, o que por sua vez pode vir à se tornar gordura localizada.

 

Como perder peso em uma semana

Eu normalmente não recomendo que as pessoas tentam perder peso em uma semana. Mas vamos enfrentá-lo – todos nós temos ocasiões especiais quando precisa perder peso em sete dias e vamos fazer de tudo para emagrecer rapidamente. Então, se você é sério sobre um plano de emagrecimento de uma semana, estes são os dois passos que você pode tomar para mudar sua dieta e sua rotina diária para perda de peso rápida.

2 passos para perder peso em uma semana

1. Mude sua dieta para perder peso 

Você não tem tempo para contar calorias, equilibrar micronutrientes e gerir o seu balanço energético. Esses são os passos que você levaria para fazer mudanças duradouras para o seu corpo. Em vez disso eliminar estas três coisas de sua dieta por uma semana;

  • Produtos de panificação. Durante sete dias, não comer qualquer assados doces ou salgados. Isso significa que você não comer bolo, biscoitos, cupcakes, bolos, pão ou bagels. Você também deve evitar salgados assados, lanches como pretzels, chips assados ou tiras de tortilla. Tenho um dente doce? Comer uma única porção de frutas frescas. Quando você precisar de algo crocante, pegar alguns legumes crus.
  • Alimentos fritos.  Frituras são ricos em calorias e em sal. Portanto, não comer qualquer peixe, aves ou carne que é à milanesa ou frito. Não nuggets de frango, batatas fritas, agredidas ou legumes fritos. Tenha em mente que muitos produtos congelados (como batatas fritas congeladas) são fritos antes de serem congelados. Coma proteína magra que é grelhado sem óleo e sem molhos e patês.
  • Bebidas de alto teor calórico. Bebidas adoçadas são cheios de calorias. Beba água esta semana e evite todo o álcool (vinho, cerveja e coquetéis), sucos, bebidas esportivas, chás adoçados, bebidas de café aromatizado, refrigerante e água com sabor comercialmente (coisas como vitamina águas). Você pode fazer água com sabor em casa, se você não gosta de água pura.

Como perder peso em uma semana

2. Se movimente todo dia durante uma semana

Em sete dias, você não tem tempo para montar um programa de perda de peso de treino corporal. E se você tentar fazer isso para queimar gordura sem qualquer experiência anterior, você pode se machucar. Então, se você quer perder peso em uma semana, você vai aumentar seus passos durante o dia para queimar mais calorias, ou seja, caminhe mais com passos acelerados.

Se você atualmente exercita, continuar a fazer seus exercícios normais e adicionar até 10.000 passos por dia. Se você não exercer a todos, adicione 10.000 passos à sua rotina diária. Quer pontos bônus? Veja se você pode aumentar ao número 15.000 ou mesmo 20.000 passos por dia. Use um monitor de atividade ou faça download de um aplicativo para medir seus passos por dia.

Se você seguir estas duas etapas e não fazer quaisquer outras alterações à sua rotina normal (não comer mais, porque você está andando mais) você deve ser capaz de perder peso em uma semana. Mas tenha em mente que se você não fazer alterações permanentes em seu estilo de vida, a perda de peso não deve durar. Se você está pronto para perder peso para o bem, irá levar apenas uma hora para criar um plano sólido para a perda de peso a longo prazo para obter um corpo magro e saudável.

Percentual de gordura corporal

Percentual de gordura corporal é a quantidade de gordura que seu corpo tem. Todos nós precisamos de um pouco de gordura, mas quando o seu percentual de gordura corporal fica muito alto, você está colocando-se em um maior risco de doenças cardiovasculares, artrite, algumas formas de câncer e diabetes.

Ao monitorar o percentual de gordura corporal, você vai ter uma ideia melhor se você está reduzindo gordura ou músculo.

Medir o seu percentual de gordura corporal

Um monitor de gordura corporal é um dispositivo que você pode usar em casa para medir o seu percentual de gordura do corpo.

Gordura Corporal

 

Ele envia uma pequena corrente elétrica através de seu corpo, em seguida, analisa a forma como diferentes tecidos – gordura, massa magra e fluido – reagir à atual. Estes dispositivos portáteis exigem que você insira a sua altura, idade e peso. Então tudo que você precisa fazer é segurar o aparelho por alguns segundos.

Ou você pode torná-lo ainda mais fácil por pisar em uma escala de gordura corporal que calcula a composição corporal, juntamente com o seu peso corporal total.

Como usar uma escala de gordura corporal

Escalas de gordura corporal são fáceis de encontrar e fácil de usar, basta introduzir a sua idade, altura e sexo, na escala e em poucos segundos você terá a sua leitura.

Pese-se ao mesmo tempo do dia. O seu peso pode flutuar ao longo do dia, por isso escolha um momento conveniente para subir na balança e pesar-se sempre sobre a mesma hora do dia.

Pese-se em condições semelhantes.  Pese-se com pouca ou nenhuma roupa de cada vez e quando seu corpo está em níveis de hidratação semelhantes. Sua escala de gordura corporal pode ser menos precisa, se tiver sido suado  ou que esteja desidratado.

Verifique o percentual de gordura semanalmente. Não há necessidade de checar seu peso e percentual de gordura corporal mais freqüência, mas algumas pessoas gostam de verificar diariamente.

 Isso é bom, basta lembrar que o peso corporal oscila a cada dia.

Defina a escala em um piso duro. Colocar a escala no tapete vai lhe dar leituras imprecisas.

Mantenha a escala limpa.  Para obter a melhor medição, os pés precisam estar descalços, limpos e em pleno contato com os eléctrodos na escala.

Precisa de algo mais preciso?

Monitores de gordura corporal e escalas são fáceis de usar e bastante precisos, mas se você quiser algo ainda mais preciso, você precisa ver um profissional de saúde que utiliza um método diferente.

Por exemplo, ele ou ela pode usar um conjunto de pinças para beliscar as dobras de gordura em várias partes do seu corpo. Estas medidas, juntamente com o seu peso altura são usados para determinar o seu percentual de gordura corporal. Você pode comprar pinças de gordura corporal para usar em casa, mas você vai precisar da ajuda de outra pessoa.

Alguns prestadores de cuidados de saúde oferecem DEXA, que significa dupla energia de absorção de raios-X. Máquinas DEXA pode medir a densidade óssea, bem como o percentual de gordura corporal.

Pesagem hidrostática envolve ser mergulhado em água em um tanque grande e exalando completamente. Bod Pods são semelhantes, mas eles medem o deslocamento de ar em vez de água. Estes dois métodos são muito precisos, mas obviamente não é algo que você pode fazer em casa.

O que é uma boa porcentagem?

Duas pessoas que pesam o mesmo pode ter completamente diferentes formas do corpo. Uma pessoa muscular com um quadro de corpo grande pode pesar o mesmo que alguém com um quadro menor e muito mais gordura.

Se você quer perder peso, você provavelmente vai querer manter a quantidade de músculo que você tem e reduzir sua gordura corporal. Se você quiser ganhar peso, você vai querer ganhar tanto músculo quanto gordura.

Maneiras adicionais para monitorizar composição corporal

Você vai ter uma imagem mais clara da sua composição corporal se você usar dois ou mais tipos de medidas. A escala de banheiro regular é tudo que você precisa para pesar-se, e você pode usar uma fita métrica para medir a sua cintura e outras medidas do corpo. Você também pode combinar sua altura e seu peso para determinar o seu Índice de Massa Corporal.

Veja mais em: Bem Estar Saúde e Beleza